27 de jan de 2013

Dreams




Engraçado como a vida é: estamos aqui hoje, agora, mas não sabemos o que será de nós daqui a meia hora ou amanhã. E, mesmo vivendo nessas incertezas do que virá, a gente planeja, se programa, marca na agenda, liga o despertador, faz uma bolinha no calendário, sonha e imagina como tudo se realizará. Às vezes acontecem exatamente como imaginamos, e é tão incrível! Tem vezes que até acontece, mas de uma forma bem diferente do que se planejou. A gente curte, mas frustra um pouquinho. E ainda tem outras vezes que nada, absolutamente nada do que queríamos, planejamos e sonhamos acontece, é a pior de todas, nós podemos assim pensar. Mas é aquela velha história de como você está enxergando o copo, meio cheio ou meio vazio? Sim, quando nada do que planejamos acontece, nem sempre é sinônimo de que fracassamos, nem de que o pior nos aconteceu, mas simplesmente coisas melhores podem as ter substituído, o que pode ou não, levar um tempinho pra gente perceber.
Existem tantas histórias de pessoas que tinham sonhos impossíveis aos olhos humanos, lutaram e, quando pareciam que iam, de fato, desistir, provaram ser capazes de voar até o topo da montanha. Tenho certeza que eu e você queremos nos enquadrar também nessa "categoria". Não gostamos de lutar pra perder, queremos sempre mais, queremos o melhor, pra gente e para os que amamos, não é verdade?
Costumo dizer que sou feita de sonhos, porque se estou aonde estou foi porque, antes de tudo, Deus sonhou comigo, e ele me proporcionou a possibilidade de sonhar junto com ele. O Senhor pôs em mim um coração sonhador, não só para desejar um futuro materialmente melhor, mas Ele plantou em mim, quando ainda era criança um desejo enorme de ser luz para os outros, de transmitir amor, de ser uma pessoa diferente, superando o rancor e querendo ver um mundo melhor. Minha infância não foi tão agradável assim, ela deixou  algumas marcas profundas e, foram elas que me motivaram a sonhar de um jeito diferente.
Sonhos me trouxeram até aqui e, creio plenamente em Deus, que me levarão ainda mais longe e mais alto. Podem acontecer de uma forma que eu não entenda - já superei isso tantas vezes - mas confio, eu vou chegar lá!



Nenhum comentário: