25 de mar de 2012

Sentimento dormente


Por favor, me entendam! Não é por falta de amor, não é...
É por falta, simplesmente, da presença.
A presença que me conquistou e que eu tanto quis. 
Quis ter pra sempre, e cada dia um pouco mais, daquela presença.
E de repente eu me vi só. Sem presença alguma de nada.
Nem a tua, nem a minha...
Sabe que agora nem eu mesma sei o que quero?
Passei tempo demais tentando ver se tua falta me daria pelo menos um consolo.
Esperei com paciência porque achei que aguentaria tudo pelo sentimento...
Mas sentimento não é auto-suficiente. Sentimento também precisa comer.
E a falta, a falta de tua presença provoca náuseas, vômitos e diarréias.
O sentimento não come, adoece. O sentimento não come, vomita...
Bem, meu mal enfureceu, minha alma tá sonolenta e meu sentimento adormeceu.
Tento reanimá-lo, mas cada noite sem aquela presença, não tem jeito.
Perdoe meu jeito, mas sem presença só há falta, e falta eu nunca quis.

2 comentários:

Rick disse...

Um dia, o amor começa a definhar, perde os sentidos, começa a dormir lentamente dentro da gente, pra quem sabe um dia acordar.
Também acho que o amor precisa ser reconquistado, toda manhã, toda noite. Em qualquer instante o amor precisa se sentir vivo.
Muito lindo esse texto. Muito lindo"
Bjws moça. Até logo.

http://semguarda-chuvas.blogspot.com/

Jessica disse...

Obrigada Rick!!

Bjss