25 de mar de 2014

Abrindo a caixinha de músicas



Sonho de uma flauta

Nem toda palavra é
Aquilo que o dicionário diz

Nem todo pedaço de pedra
Se parece com tijolo ou com pedra de giz



Avião parece passarinho
Que não sabe bater asa
Passarinho voando longe
Parece borboleta que fugiu de casa



Borboleta parece flor
Que o vento tirou pra dançar
Flor parece a gente
Pois somos semente do que ainda virá



A gente parece formiga
Lá de cima do avião
O céu parece um chão de areia
Parece descanso pra minha oração



A nuvem parece fumaça
Tem gente que acha que ela é algodão
Algodão as vezes é doce
Mas as vezes é doce não



Sonho parece verdade
Quando a gente esquece de acordar
E o dia parece metade
Quando a gente acorda e esquece de levantar
Ah e o mundo é perfeito
Hum e o mundo é perfeito
E o mundo é perfeito



Eu não pareço meu pai
Nem pareço com meu irmão
Sei que toda mãe é santa
Sei que incerteza traz inspiração



Tem beijo que parece mordida
Tem mordida que parece carinho
Tem carinho que parece briga
Briga que aparece pra trazer sorriso



Tem riso que parece choro
Tem choro que é por alegria
Tem dia que parece noite
E a tristeza parece poesia



Tem motivo pra viver de novo
Tem o novo que quer ter motivo
Tem a sede que morre no seio
Nota que fermata quando desafino



Descobrir o verdadeiro sentido das coisas
É querer saber demais
Querer saber demais



... O teatro mágico

23 de mar de 2014


"pelas quais ele nos tem dado as suas preciosas e grandíssimas promessas, para que por ela vos torneis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupisciência há no mundo." (2 Pedro 1:4)

21 de mar de 2014

Água da vida


No livro de João, capítulo 4, nos versos de 3 a 43, lê-se uma linda história em que Cristo mais uma vez  nos surpreende.
Jesus estava viajando para a Galiléia com seus discípulos, e passaram por uma cidade chamada Samaria. Ele parou para descansar perto de um poço e, enquanto os discípulos foram comprar o que comer, apareceu ali uma mulher daquela cidade para tirar água do poço e Jesus pediu para ela um pouco de água. Acontece que samaritanos não falavam com judeus, então esta foi a primeira surpresa que aquela mulher teve. Diante da atitude daquele homem judeu, humilhando-se a ela para pedir água, ela espantou-se e não entendeu o seu pedido. No entanto, Ele a explica de quem Ele se tratava: "Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva" (João 4:10), mas a mulher ainda não compreendia a mensagem que Cristo queria passar a ela. 
A história revela que aquela mulher havia tido 5 maridos. Isso significa que ela havia sido abandonada ou que abandonou 5 vezes a família, e agora ela tinha um relacionamento sem laços firmados, que poderia ser oculto aos olhos das pessoas, mas não aos de Deus. E essa foi a segunda surpresa para a samaritana. Como Jesus sabia de seu relacionamento? Ela então o reconhece como homem enviado de Deus e sai pela cidade anunciando o que lhe havia dito. 
Ela possivelmente era mal vista pela sociedade, vivia triste e até para ir buscar água, ela ia em um horário que não fosse vista, nem incomodada. Tinha vivido várias desilusões amorosas e relacionamentos que não duravam. Possivelmente, vivia reclamando e cabisbaixa, choramigando pelos cantos solitária, sem amigos. E então vem um judeu que lhe pede água, e depois, que lhe oferece uma água viva que não acaba e que saciava eternamente. Mas que homem é esse? Ela deve ter pensado.
Que encontro surpreendente naquele dia! Aquela mulher, ao ouvir e aceitar as palavras do mestre, volta à cidade contando a todos sobre Ele, "Vinde, vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito. Porventura não é este o Cristo" (João 4:29), ela dizia. 
A história finaliza contando que muitos samaritanos creram em Jesus por causa da palavra daquela mulher e foram ter com ele, e mais, o convidaram para ali permanecer com eles, pois estavam sedentos da sua palavra, da água da vida, que restaura a alma ferida e solitária. "E muitos dos samaritanos daquela cidade creram nele, pela palavra da mulher, que testificou: Disse-me tudo quanto tenho feito. Indo, pois, ter com ele os samaritanos, rogaram-lhe que ficasse com eles; e ficou ali dois dias. E muitos mais creram nele, por causa da sua palavra. E diziam à mulher: Já não é pelo teu dito que nós cremos; porque nós mesmos o temos ouvido, e sabemos que este é verdadeiramente o Cristo, o Salvador do mundo" (João 4:39-42).
Não é uma história impressionante? Os discípulos, quando voltaram, viram Jesus conversando com aquela mulher e não entenderam, afinal, era uma samaritana!! Mas muitos daquela cidade foram salvos naquele dia por causa daquele diálogo. Cristo não veio só para uns, ele veio para todos, porque ama a todos! E ensinou aquele povo, e a nós, que entre os seres humanos, não devem existir preconceito ou qualquer tipo de diferenciação ou aversão. Somos todos iguais e, portanto, devemos nos amar. 
Outra lição que esta história nos dá é que tudo em nossas vidas, tudo o que sentimos, nossas tristezas e aflições, problemas e dificuldades são conhecidas por Deus. Ele sabe de tudo e é ele quem tem a água que pode nos dar paz em meio a todos eles, basta querer, assim como a samaritana quis. Ela nos deixa um exemplo maravilhoso: após conhecer a fonte da vida, ela não deixa aquilo como despercebido. Pelo contrário, foi e anunciou para as pessoas daquela cidade, conhecidos ou não, que Deus a tinha restaurado. Ela levou a paz que a tinha curado da solidão e das feridas.
Você tem sido uma mulher triste? Uma mulher que desconhece o amor e que já sofreu demais na vida? Alguém te abandonou? Pais, irmãos, marido, filhos ou amigos? Alguém te magoou tanto a ponto de você deixar de acreditar na vida e agora você não está nem aí para o que faz ou deixa de fazer?
Querida leitora, aquela mulher deve ter sentido tudo isso, mas houve um dia em que ela encontrou o homem da sua vida! Digo, o homem de nossas vidas! Aquele que veio para ser da vida de todos nós... E depois daquele encontro, aposto que ela nunca mais foi a mesma...
A mesma água da vida que Jesus ofereceu para ela naquele dia ele te oferece hoje: "Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva" (João 4:10). Qualquer que beber desta água tornará a ter sede; Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna" (João 4:13-14).
Ela aceitou beber dessa água e foi renovada. Pois então, se você quiser renovação também é só aceitar o convite de Cristo. Abra seu coração a ele, estude sua palavra, fale dele para os outros, se preocupe em beber dessa fonte todos os dias e a cada dia mais, e então verás que nada nesse mundo pode te tirar a paz!!

"Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida, removendo pedras e plantando flores."

Cora Coralina


8 de mar de 2014

Todo dia é dia...

... da mulher!


Parabéns a todas as mulheres que são inteligentes, guerreiras e que fazem jus não à figura da mulher comum e cheia de certas "liberdades", mas àquela sábia e leal aos princípios da vida!
Porque não fomos feitas para sermos iguais ao homem, se fosse assim, Deus teria dado um homem para ajudar Adão. Ao invés disso, Ele deu Eva, um ser totalmente diferente (corpo e mente) para completar um ao outro - cada um com seu brilho e encantamento -, para respeitar um ao outro - cada um com suas responsabilidades. O tempo passou, o mundo mudou, mas a essência continua a mesma.
Mulher, seja luz no mundo! Procure ser sábia nesse mundo de loucos e então serás guiada pelos melhores  roteiros do mundo...

5 de mar de 2014

Que ele seja!




Antes que alguém queira fazer de mim algo que não sei ser, saiba que já está mais que decidido: eu vou ser eu sempre, da forma que Deus quiser e permitir. Porque antes de ser eu, que ele seja em mim!