29 de mai de 2010

28 de mai de 2010

Abrindo a caixinha de músicas....


Onde nascem as fontes da vida
e os loucos duvidam de Deus.
Onde negro se tornam os dias
e os homens se acham mais seus.
Quem despeja na boca as palavras,
transformando em pedra o cristal.
Quem desenha na face a beleza, 
ou se torna um carrasco no golpe final.

Coração, entre o bem e o mal que distância haverá?
Coração, um amigo, um bandido talvez.
Quem te conhecerá?

Onde o ódio encontra raízes
e o amor se mistura a paixão.
Onde a vida nos trás cicatrizes
e o desprezo se faz solidão.
Quem despeja nas veias a vida
e na morte é silêncio fatal.
Quem conhece a verdade da história,
pra quem é testemunha no lance final.

Coração, entre o bem e o mal que distância haverá?
Coração, um amigo, um bandido talvez.
Quem te conhecerá?

[Coração - Leonardo Gonçalves]

27 de mai de 2010

Escreva a sua história


Escreva a sua história na areia da praia,
para quem as ondas a levem através  dos sete mares,
até torna-se lenda na boca de estrelas cadentes.

Conte sua história ao vento,
cante aos mares para muitos marujos, 
cujos olhos são faróis sujos e sem brilho.

Escreva no asfalto com sangue.
Grite bem alto a sua história,
antes que ela seja varrida na manhã seguinte pelos garis.

Abra o peito em direção dos canhões,
suba nos tanques de Pequim,
derrube os muros de Berlim,
destrua as catedrais de Paris.

Defenda a sua palavra!
A vida não vale nada se você não tem uma boa história pra contar.

Pedro Bial

22 de mai de 2010


"Mesmo minhas alegrias, como são solitárias à vezes. E uma alegria solitária pode se tornar patética. É como ficar com um presente todo embrulhado com papel enfeitado de presente nas mãos e ter a quem dizer: tome, é seu, abraço-o! Não querendo me ver em situações patéticas e, por uma espécie de contenção, evitando o tom de tragédia, então raramente embrulho com papel de presente os meus sentimentos."

Clarice Lispector

17 de mai de 2010

Mais uma vez as cisrcunstâncias me mostram que...

...os DESEJOS desse mundo não podem me satisfazer.
Só a tua graça me basta, SENHOR.

Mas porque ainda resta aquilo bem lá no fundo da alma?
Aquilo chamado ESPERANÇA.

Torna meu CORAÇÃO mais frio pra esse mundo e mais SENSÍVEL pra ti!



14 de mai de 2010

Se sentindo a pior coisa do mundo?


Qualquer outro pode te humilhar sem dá valor...
Mas teu pai te reencontrou, é rei e sabe quem você é...
E pra ele não há outro igual, te abraça e te limpa do teu mal...
Como príncipe vitorioso te conduzirá...
Eu não sei quantas vezes você se perdeu, mas Deus ouviu cada prece e pranto...
Ao seu mandar anjos descem pra cuidar de ti, porque você é especial...
Ele te viu antes mesmo de nascer e de emoção também chorou...
Vibrou com cada sonho que realizou. Intercedeu ao Pai.
Você é a coisa mais linda de Deus, é o mais importante que tem, o maior dos seus cuidados é você!

12 de mai de 2010

CANSEEEII!


Tá na hora de dizer, aliás de gritar!
Tá na hora de todos saberem que estou cansada.
Cansada de ouvir elogios, e não é prepotência.
Podem até ser sinceros, mas não passam de meros elogios.
Um elogio é muito bom, mas quando vem do puro coração, embrulhado com carinho e enfeitado de emoções sinceras.
Eu quero mais que a mera verdade.
Quero o olhar intenso, o sentimento...
Cansei de ouvir palavras meigas e esperar sentada me dizerem o que importa: a vontade de amar.
Cansei das carinhas de anjinho e dos olhares cobiçosos.
Quero que transpassem minha alma, admirar-me pelo que há dentro de mim.
Cuidado, respeito, amor, carinho. Isso faz falta. Isso me faz falta!
Chega de tanta superficialidade, não aguento mais.
Quero ouvir o acelerar do coração e perceber aquele olhar que diz mais do que mil palavras.
Porque falta um riso, uma atitude, uma emoção, falta uma verdade e isso eu nunca tive!
Nasci pra ter amor forte, sereno, gostoso e verdadeiro.
Quero sentir a vontade de me fazer bem não apenas por convenção, mas de livre e espontânea emoção.
Preciso do diferente, do atrevido e do pertinente.
Enfim, eu quero AMOR e não apenas elogios...



2 de mai de 2010


"A morte, por se só, é uma piada pronta. Morrer é ridículo.
Você combinou de jantar com a namorada, está em pleno tratamento dentário, tem planos para a semana que vem, precisa autenticar um documento em cartório, colocar a gasolina no carro e no meio da tarde morre. Como assim?
E os e-mails que você ainda não abriu, o livro que ficou pela metade, o telefonema que você prometeu dar à tardinha para um cliente?
Não sei de onde tiraram esta idéia: MORRER!
A troco? Você passou mais de 10 anos de sua vida dentro de um colégio estudando fórmulas químicas que não serviriam pra nada, mas se manteve lá, fez provas, foi em frente. Praticou muita educação física, quase perdeu o fôlego, mas não desistiu. Passou madrugadas sem dormir para estudar pro vestibular mesmo sem ter certeza do que gostaria de fazer da vida, cheio de dúvidas quanto à profissão escolhida, mas era hora de decidir, então decidiu, e mais uma vez foi em frente.
De uma hora pra outra tudo isso termina numa colisão freeway, numa artéria entupida, num disparo feito por um deliquente que gostou do seu tênis.
Qual é? Morrer é um chiste. Obriga você a sair no melhor da festa sem se despedir de ninguém, sem ter dançado com a garota mais linda, sem ter tido tempo de outra vez a sua música preferida. Você deixou em casa suas camisas penduradas nos cabides, sua toalha úmida no varal e penduradas também algumas contas. Os outros vão ser obrigados a arrumar suas tralhas, a mexer nas gavetas, a apagar as pistas que você deixou durante uma vida inteira. Logo você, que sempre dizia: das minhas coisas cuido eu.
Que pegadinha macabra: você sai sem tomar café e talvez não almoce, caminha por uma rua e, talvez, não chegue na próxima esquina, começa a falar e talvez não conclua o que pretende dizer.
Não faz exames médicos, fuma dois maços de cigarro por dia, bebe de tudo, curte costelas gordas e mulheres magras e morre num sábado de manhã.
Isso é para ser levado a sério? Tendo mais de cem anos, vá lá, o sono eterno pode ser bem vindo. Já não há muito a fazer, o corpo não acompanhava a mente e a mente também já rateia, sem falar que há quase nada guardado nas gavetas. Ok, hora de descansar em paz!
Mas antes de viver tudo? Morrer cedo é uma transgressão, desfaz a ordem natural das coisas. Morrer é um exagero, e como se sabe, o exagero é a matéria prima das piadas. Só que esta não tem graça.
Por isso viva tudo que há pra viver.
Não se apegue as coisas pequenas e inúteis da vida....Perdoe, sempre!"
Quando o dia Dele chegar "Aniquilará a morte para sempre, e assim enxugará o Senhor Deus as lágrimas de todos os rostos, e tirará o opróbrio do seu povo de toda a terra, porque o Senhor o disse" (Isaías 25:8).
Não fomos feitos para a morte.
Fomos feitos para amar, para viver e conhecer a Deus!