16 de abr de 2013

Uma garota decepcionada



Como é que pode a gente mudar tanto assim ao longo dos anos? Pra certas coisas eu me considerava imutável, um coração firme e intocável com uma mentalidade segura e perfeita. Continua firme o coração e segura a mente, mas foram tantas as situações e os sentimentos que me envolveram e tornaram-se conhecidos por mim, que hoje sou uma completa bagunça. Quando olho para a garota de 10 anos atrás me questiono porque me permiti realizar certas coisas que antes eram, pra mim, abomináveis, e porquê me deixei levar tão profundamente por sentimentos? Na bíblia, Deus nos alerta dizendo que maldito o homem que confia no homem, e acho que foi isso, eu confiei demais no ser humano, um homem chamado EU. Confiei demais nas minhas certezas e sentimentos, ambos formaram uma espécie de fumaça, me impedindo de ver o ambiente em que pisava, e aí deu no que deu. Hoje estou bastante ferida, por dentro e por fora. Meu coração carrega escoriações incuráveis e, na tentativa implacável de "fazer as pazes" comigo mesma, os antídotos que tenho encontrado por aí não estão fazendo efeito, a decepção é maior a cada dia e a impaciência tem ganhado força no decorrer de cada segundo. Confesso que não sei mais o que fazer. Estou num labirinto complexo e falta pouco pra desistir de encontrar a saída...



Nenhum comentário: