8 de abr de 2013

Ampulheta


Não há outra coisa que me tem mais angustiado do que o tempo. Dizem que existem três esferas temporais: passado, presente e futuro. No entanto, atualmente desconheço duas delas. Estou vivendo constantemente no futuro, contando cada segundo que vai passar e me imaginando em cada um deles. Sabe quando algo que você sonhou muito durante grande parte da sua vida está muito próximo de acontecer? É, acho que você também viraria uma ampulheta ambulante com ansiedade incessante para o futuro chegar.
E quando se quer muito que o futuro chegue logo, vem de brinde com a vontade uma coisinha chamada medo, talvez esse pode não ser o nome correto e incerteza se encaixar melhor, mas para todos os efeitos, a sensação que nos acompanha é essa: de medo. Medo de que, se o futuro se aproxima trazendo a esperança do passado? Ah, é medo de que o futuro que a gente tanto anseia não seja assim, da forma que tanto pensamos...
No entanto, o que é um brinde comparado à premiação? Embora eles coexistam, o maior e mais glorioso predomina sobre todos os outros sentimentos que venham a ganhar forma, alimentando todo o tempo de sonho, ansiedade e esperança.
Eu sei que o Senhor é dono do tempo, mas como ser imperfeito que sou, é praticamente inevitável não "sofrer" antecipadamente de tão feliz, de tão maravilhoso que será o dia da minha vitória. Enquanto ele não chega, vou contando o tempo e imaginando em êxtase o dia em que vou acordar e, finalmente, dizer: estou no presente!

4 comentários:

Milene Cristina disse...

Em meio ao medo temos o lado maior que são os sonhos por realizar, nos fortalecem sempre em continuar acreditando.Beijo!!! Adorei

Ariana disse...

Esse medo que esta sentindo é normal guria, eu tenho um tremendo medo do futuro e olha que não tem nada prestes a acontecer e quando for o caso além de medo vou ficar ansiosa também.
Torço para que consiga realizar seus sonhos.
Beijos

Jessica disse...

Obrigada meninas!!

Voltem sempre :D

Jessica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.