21 de set de 2011

A felicidade entrou com o pé na porta e sentou ao meu lado...



"... Eu não estava mais sozinha esperando o espéculo. O trânsito todo parado e ela acena no carro ao lado, depois morre de vergonha e toma bronca do pai para sentar direito na cadeirinha. O dia meio cinzento, vai-não-vai e de repente ela surge amarela e esquenta a vida. Ela mora numa gaveta cheia de bobeirinhas lá em casa.
... Ela toma banho comigo quando a água leva embora coisa ruim e renova a alma e dorme ao meu lado quando eu descanso..."


Tati Bernadi

2 comentários:

Elis disse...

Oi Jessi passando pra uma visitinha!!bjs

Selma Regina disse...

Legal. visite meu blog, ja estou te seguindo. http://o-despertardaconsciencia.blogspot.com/