9 de fev de 2011

Refletir


Parando pra refletir nas coisas que já aprendi nesses meus 21 anos de existência, uma merece destaque nesse momento: o Ser Humano.
Você deve tá tentando imaginar o que há de se tirar como lição dessas palavras tão comuns. Agora, possivelmente, está pensando na variedade de assuntos que se aplica ao ser humano e qual deles as linhas seguintes abordarão.
Há uma palavra bem óbvia que me vem a mente (e na mente de muitos) ao ler "o Ser Humano" e pensar em como ele é, sem distinguir cor, origem, religião, etc. Essa palavra é imperfeição.
Sim, algo que estamos cansados de saber é que todos nós somos imperfeitos. Somamos bilhares em todo o planeta Terra com crenças, tamanhos, cores, idades, condições diferentes e por aí vai, mas somos - não incrivelmente - todos imperfeitos.
Porém, não é simplesmente isso que me chamou a atenção pra escrever esse texto. O interessante disso tudo é que você não gosta de ser traído(a), eu não gosto que hajam errado comigo e creio que mais ninguém em sua sanidade gosta disso. Mas nós não somos imperfeitos? O erro é inerente a todos. Sabemos disso e porque exigimos tanto?
Criatura mais imunda o ser humano: imperfeitos exigindo perfeição.
Cair, odiar e se magoar faz parte. Não digo que é certo, mas faz parte.
Devemos ter em mente que não precisamos admirar alguém ou achar uma pessoa íntegra para amá-la e respeitá-la. Não devemos exigir das pessoas (inclui qualquer pessoa da face da terra) aquilo que não fazemos para elas.
Deus nos ensina a amar os inimigos, a perdoar quem nos ofende e a fazer pra os outros aquilo que queremos que façam conosco.
Somos imperfeitos, isso é FATO e não há nada, eu disse absolutamente nada que nós mesmos possamos fazer para sermos melhores, a não ser uma única coisa: entregar mente, coração, mão, pé e braço aos comandos de Jesus, pois ele é a forma de nos tornar perfeitos, assim como ele o é.
Isso é o que me impressiona!!

Nenhum comentário: