14 de jul de 2013

Nem só de pão




Eu posso precisar de várias coisas, comida, casa, dinheiro ou progressiva
Mas há algo de que realmente não pode faltar na minha vida
Não pode ser visto ou tocado,
mas pode ser sentido no fundo do coração
Posso querer muito de tudo nesse mundo,
mas de Ti, Senhor, eu quero tudo e muito!


"E Jesus lhe respondeu, dizendo: Está escrito que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Deus." (Lucas 4:4)

Um comentário:

Érica Motta disse...

Jéssica lindo seu blog...
tenho um blog que publico ideias alheias que fazem sentido pra mim...
mas suas postagens me aquietaram a alma e senti vontade de dividir com você um pouco do que eu escrevo... "as vezes coloco no papel meus sentimentos também..."
“Entre-laços”

Não sou só teoria
Não sou só sentimento
Mas porque as vezes me faço
Escrituras
É que se derramam em mim
Sentimentos.
E vez em quando posso sentir
Só porque ao tocar decifro o que ficou
Enigmático
Se o tempo “vento” cravou e escondeu
Não é porque foi embora
E não é que não se encontre
Nos encontros
É que a busca nunca cessa.
_________________ * _____________
“Betoneira”
E então me ponho a pensar
O porque dos pensamentos que me invadem
É porque me intriguei com a “esfinge”
Cada uma das esfinges que chegam até mim
Me faz entender que não basta sentir
Mas que o sentimento precisa do “cimento”
Que se forma da mistura e do movimento
Daquilo que põe dentro e gira
E mistura e transforma e põe fora e constrói.

Érica Flávia Motta
Dez.2012