1 de abr de 2012

Quem disse que sonhar não custa nada?

U.Porto

Sonhar custa e muito. Custa o preço de muitas lágrimas, de muitas tristezas. Tristezas sim, porque ver que o tempo passa e que você não tem poder suficiente pra alcançar aquele sonho dói fundo na alma. Escancara pra o seu mundo uma fragilidade dominante e que ninguém queria ver. 
Sonhar custa o desdém das pessoas em que você esperava receber entusiasmo. Elas, muitas vezes, não se importam com o teu sonho, teria até felicidade em te ver conquistá-lo, mas não se unem por seu ideal.
Sonhar custa, machuca e dói. Mas o bom nisso tudo é que apesar de custar o sofrer, o sonho não se acaba, ele fica ali bem vivinho, pra que um dia Deus te dê o poder de vivê-lo... nem que seja sozinho!


Um comentário:

Analine disse...

Sonhar às vezes dói mesmo, porque depositamos em nossos sonhos todas as nossas esperanças, nossos pensamentos, nossas ilusões... Mas tenha certeza de que, com Deus, seus sonhos podem se tornar realidade!
Beijos,
Analine