16 de abr de 2012

Me amo!


Sabe que pensar, às vezes, em minhas peculiaridades me fortifica?
É baby, pensando muito bem o que me destrói é saber que você nem ninguém tem a capacidade de me entender e de apreciar tão profundamente o que eu tenho de melhor. Isso só eu e Deus.
No meu jeito há falhas, eu sei, mas venhamos e convenhamos que nesse mundo falta gente assim que nem eu.
Você pode até achar que é orgulho ou vaidade, mas meu bem, quem é que vai me colocar lá em cima a não ser eu mesma?
Tenho 22 anos de vida e, pode parecer pouco, mas já passei por muitas situações que exigiram de mim força, coragem, superação e fé, muita fé. Sei muito bem o valor que tenho no peito e por mais que não transpasse na aparência, ou que os outros não acreditem, o que isso importa? O que isso altera? Nada. O que guardo aqui ninguém precisa tirar a prova.
Ah, dane-se os outros! Maldito homem que confia no homem!
Quero mais é ter momentos especiais comigo mesma e me valorizar independente do que os outros pensem e peço a Deus a mudança daquilo que me leva pra baixo e do que me afasta de sua presença e que preserve em mim a pessoa sensível, humilde e doce que eu sou.

:)

Nenhum comentário: