22 de fev de 2012

Trave nos olhos


Eu tava reparando esses dias nas pessoas e descobri mais umas coisinhas sobre elas...
Mas então, como é fácil falar dos outros. Como é bobagem botar a língua pra trabalhar em prol do comportamento alheio, né? Nem que seja desse seu jeito de lavar a louça, mastigar ou até de rir... É fácil.
Então olha, olha pra você. Aí se torna difícil falar dos próprios trejeitos que carregas, né?
Engraçado. A gente passa tanto tempo 'ligando' em caracterizar os outros que perdemos a oportunidade bela de nos apreciarmos e de nos decifrarmos. Sim, porque ao menos nem sabemos de fato quem somos e passamos a colocar plaquinhas nos outros. Tomamos nosso tempo afim de nos enfeitarmos, consumirmos e parecermos bem diante da sociedade "civilizada", entretanto não temos coragem de parar e pensar no que somos, no que fazemos, no que desagradamos, no que irritamos, no que alegramos.
Acho que fica aí o desafio. Vamos tirar a trave dos nossos olhos e deixar quieto o cisco dos outros.

Abraços!


Nenhum comentário: