27 de dez de 2011

“Quero esse teu rosto, que me ganha e que me perde toda hora, quero essa forma linda de como fica sem graça, quero também o fato de tudo ficar muito sereno e quieto quando está por perto, quero me perder na imensidão do teu abraço, quero roubar mais um pedaço, desse teu grande coração.”

Fernanda Myamoto

Nenhum comentário: