19 de ago de 2010

Eu vaguei na escuridão,
mas tomou-me de súbito o brilho de sua face.
Nunca vi alguem mais belo.
Me abraça, me acolhe, me segura em seus braços.
E eu, o que posso fazer diante de tamanha magnitude?
Resta-me apenas sorrir.
Sorrir e confiar. Porque braços assim, jamais irei encontrar.
Aceita-me como sou e convida-me a amar e desfrutar do seu doce amor!



2 comentários:

★ Vládia Almeida disse...

Jhessi, lindo, lindo!!
Bjoos!!

Jessica disse...

brigada Vládia!!!
ahh, vota lá no meu blog... http://www.blogbooks.com.br/categorias/participantes