29 de jun de 2012

"A religião faz duas coisas: mostra-nos nossa miséria e indica-nos o remédio para ela. Ensina-nos que de nós mesmos, não podemos nada para a salvação, mas que 'podemos tudo naquele que nos fortifica'. Donde aquelas palavras de São Paulo, tão profundas de verdade quão temerosas para o orgulho humano: "Eu me glorificarei em minhas enfermidades para que a virtude de Jesus Cristo habite em mim. Sim, continua ele, eu me glorio em minhas fraquezas, porque quando me sinto fraco então é que estou mais forte" (Fl: 4, 13; 2Cor 7, 9 -10)."

Imitação de Cristo; pg. 329, Capítulo LV, Pe J. T. Roquette.

Nenhum comentário: