12 de nov de 2010

"A harmonia secreta da desarmonia: quero não o que está feito mas o que tortuosamente ainda se faz. Minhas desequilibradas palavras são o luxo de meu silêncio. Escrevo por acrobáticas aéreas piruetas - escrevo por profundamente querer falar. Embora escrever só esteja me dando a grande medida do silêncio."
Clarice Lispector - trecho de "Água viva"



Um comentário:

Dalvana Mainardes disse...

Oi tem selinho pra vc no meu blog bjokassssss